“Energia, União e Valorização Profissional”


ATEESP
A mais de três décadas de muitas conquista
s

A princípio, um grupo de técnicos, funcionários da Eletropaulo Eletricidade de São Paulo S.A., realizava pequenas reuniões dentro da própria empresa, com o objetivo de buscar alternativas para representar e melhorar as condições de trabalho da categoria. As ideias prosperaram e, no dia 26 de junho de 1985, realizou-se a assembleia geral de fundação da ATEL – Associação dos Técnicos de Nível Médio da Eletropaulo, no auditório do STIEESP – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Energia Elétrica do Estado de São Paulo – atual Sindicato dos Eletricitários de São Paulo. Na ocasião, centenas de técnicos de várias superintendências assinaram o livro de presença e aprovaram a comissão provisória presidida por João Lúcio Gomes Brandão. Em dezembro do mesmo ano, foi eleita a primeira diretoria da associação, tendo como presidente Orlando José da Silva (1985/1987).

De 1988 a 1991, a ATEL foi presidida por José Ferreira Barros, que contribuiu significativamente para a elaboração e aprovação do plano de cargos e salários, bem como na promoção profissional da Eletropaulo.

De 1992 a 1993, durante a gestão presidencial do saudoso Luiz Alberto José (in memoriam), a ATEL inaugurou sua sede própria no bairro da Liberdade, região central de São Paulo, concretizando um grande sonho dos dirigentes e associados.

As conquistas continuaram e, de 1994 a 2001, durante os mandatos de José Ferreira Barros, a sede foi ampliada; inclusive, com a construção de um auditório para 80 pessoas e a assinatura de um convênio para a instalação de um posto de atendimento do CREA-SP – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo, visando à comodidade dos profissionais que necessitam de atendimento junto ao Sistema CONFEA/CREA. Também em 1997, com o processo de privatização e a consequente divisão da Eletropaulo em cinco empresas distintas (EMAE – Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (geração); EPTE – Empresa Paulista de Transmissão de Energia Elétrica S.A., atual CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (transmissão); AES Eletropaulo e EBE – Empresa Bandeirante de Energia S.A. (distribuição), sendo que essa última, leiloada em 1998, teve uma parte adquirida pela CPFL Piratininga), a ATEL se transformou em ATEESP – Associação dos Técnicos das Empresas Energéticas do Estado de São Paulo, estendendo sua representatividade aos técnicos de todas as empresas energéticas paulistas.

De 2002 a 2009, durante o mandato de Paulo Silas Castro de Oliveira, o estatuto da ATEESP teve que ser reformulado para se adequar às novas regras do Código Civil. Nesse período, foram obtidas outras importantes vitórias, como a fundação da biblioteca técnica, a modernização dos equipamentos de informática, a manutenção dos processos administrativos e a criação do departamento jurídico.

De 2010 a 2017, na gestão de Rubens dos Santos, a ATEESP buscou uma maior aproximação com as demais entidades sindicais e associativas, direta ou indiretamente relacionadas aos técnicos. Promoveu, ainda, uma reestruturação completa na comunicação institucional, com ampla divulgação das atividades associativas por meio de site, revistas, boletins informativos e redes sociais. Novas parcerias e convênios também foram firmados; a participação em eventos nacionais e internacionais, bem como as visitas técnicas, têm sido mais frequentes, visando sempre a valorização da categoria. Nesse período foi também substituído o veículo pertencente à associação e realizadas diversas obras estruturais, como a reforma do telhado, do auditório, construção de um banheiro com acessibilidade e ampliada a entrada de energia elétrica.

Enfim, são mais de três décadas de existência, a ATEESP orgulha-se por suas inúmeras conquistas em favor dos técnicos. Porém, nada seria possível sem a colaboração dos companheiros e entidades que enriquecem essa história e, principalmente, sem a confiança de seus associados.

Portanto, muitíssimo obrigado a todos!

José Tadeu de Aguiar Pio

Presidente
( 2018/2021 )

ATEESP
“Energia, União e Valorização Profissional”

 

Estatuto


Para ter acesso, na íntegra, ao estatuto da ATEESP, clique AQUI.

Diretoria


GESTÃO 2018/2021

Presidente
José Tadeu de Aguiar Pio
Vice-Presidente
Rubens dos Santos
1ª Secretário

Alexandre Gonçalves Bressar

2º Secretário
Valdivino Alves de Carvalho
1º Tesoureiro
Valter Casarri
2º Tesoureiro
Pedro Paulo Reis
Diretor de Comunicação
Adilson Pires Godinho
Diretor Sócio Cultural
Eduardo Cabral Medeiros
Diretor Técnico Profissional
Edson Pavanello
Diretor Regional Litoral e Interior
Narciso Donizete Fontana



Conselho Fiscal Titular
Conselho Fiscal Suplente
Nelson Pedro de Oliveira
Antonio Victorio Mikalauskas
Benedito Alves Petronilho
Luiz Antônio Moscon
Eduardo Kazuaki Magami
Gerson Gomes dos Santos



Conselho Deliberativo Titular
Conselho Deliberativo Suplente

Wilson Roberto Moreira

Pedro Iristsu

Luis Carlos Zola

José Mauro Monteiro da Silva

Manoel Ruberval Pereira

Teodoro Prieto Fernandes

Carlos Tobias Lima Filho

Antenor Ramos da Silva

Joel Ferreira de Avelino

Tetsuya Hosaka

Sérgio Gomes da Silva

Murilo Coca

José Carlos Marchevski

Geraldo Kazuo Okajima

Luiz Carlos de Lima

Gilberto Luiz de Azevedo

Orlando José da Silva

Wanderlei Tamai

Wilson Wanderlei Vieira

Nilton Nishigouri

Sidney Braz Sturari

Sérgio Canuto da Silva

Wladzo Peter Guimarães

Domingos Benitez Filho

Antônio Morais

Kiyoshi Oshiro

José Márcio Machado Barletta

Fernando Mirancos da Cunha

Sebastião Pedro Martins Virgílio

Manoel Antônio Carreira

Ronaldo David Cavaquini

Tetsuo Miyamoto

Luis Fernando Zecchin

Nilce Gushiken

Haroldo Conde

Fumio Matuchita

Sérgio Pasqual Teixeira

Gilberto Takao Sakamoto

Getúlio Cesar de Carvalho

Adilson Carlos Camillo

Valdir Lopes

Ronaldo Medeiros Santos

 

Representantes
Sérgio Pasqual Teixeira
José Márcio Machado Barletta
Carlos Tobias Lima Filho
Sérgio Canuto da Silva

 

Clique aqui para ver outras gestões